Barroso Notícias  ver
 

 XXXII CONGRESSO MEDICINA POPULAR - VILAR DE PERDIZES -  19/8/2018

 Hábitos que o Padre Fontes não dispensa - YouTube -  15/2/2016

 Descobertos frescos na igreja de Soutelinho da raia -  10/4/2014

 XXVI natal de cantadores e concertinas -  11/12/2013

 CEIA DAS BRUXAS ENCANTADAS HOTEL RURAL Sª DOS REMÉDIOS -  12/11/2008

 
Destaques  ver
 

 

 31 NATAL DE CANTADORES DE DESAFIO E CONCERTINAS

 O 31 natal de cantores de desafio e concertinas foi adiado para o primeiro sábado do ano dia 6/1/2018 na capela de Balte

 

 SERÃO EM CHAVES

 A lenda Maria Mantela, foi representada pelo TEF em Chaves, dia 6 de dezembro.

 

 'SEXTA 13' / NOITE DAS BRUXAS

 Em Fevereiro inicia-se a primeira de três 'Sexta 13' agendadas para 2015. O maior espetáculo de rua realizado em Portuga

 

 VILAR DE PEERDIZES COM TURISMO RURAL

 Visite esta aldeia histórica.

 

 FONTES DA MIJARETA TURISMO RURAL ABRIU

 A VILA DE MONTALEGRE,ESTÁ A SER ENRIQUECIDA COM A ABERTURA AO PUBLICO E AO TURISMO COM UM DOS ESPACOS MAIS SEDUTORES QU

 

 ESPAÇO PADRE FONTES

 Inaugurado a 9 de Junho,o Núcleo-sede do Ecomuseu de Barroso "Espaço Padre Fontes" foi uma decisão da Câmara de Montal

 

 COMO CHEGAR AO HOTEL EM MOURILHE

 PROGRAME O GPS - 41º 50' 12.80'' N 7º 50' 37.75'' W PARA CHAVES, VILAR DE PERDIZES, MOURILHE.

HISTÓRIA

TOURÉM UM ENCLAVE NA GALIZA

Tourém é uma das antigas vilas fronteiriças do norte mais antigo de Portugal. Tem hoje 80 fogos, cerca de 200 habitantes. São 7 km dentro de Galiza Ourensana, o brio dos Portugueses, daí a cantiga:

Lindo lugar é Tourém,

Se não fora ter dois erros,

Passeada de peraltas,

Rodeada de Galegos.

UM POUCO DE HISTÓRIA

A sua fértil veiga do rio Sales, afluente do Lima, está povoada de mamoas megalíticas, uma delas tinha gravuras serpentiformes. Os celtas habitaram no Castelo, entre Randin e Tourém, e na Senhora de Crasto entre Tourém e Guntumil (Galiza). Os romanos pararam por aqui como documenta uma ara romana no Museu de Montalegre, e o achado de denários romanos aí por 1950. OS Mouros deram nome à Mourela, enorme planalto que une Tourém a Montalegre.

Teve foral do rei Sancho I e D. Manuel. Desde a fundação de Portugal foi guardiã e dona do seu castelo da Piconha, de torre assente num castro, no Pico elevado sobre aldeia galega de Randin, e às portas do extinto e antigo Couto Misto. Defendia estas terras mistas e Tourém. Era servida por um caminho internacional privilegiado. Destruído em 1650, teve alcaides até 1825.

PITÕES DAS JÚNIAS (Montalegre – Gerês)

Situada a cerca de 1200 m de altitude, junto às faldas do Alto Gerês Barrosão, Parque internacional, a 20 km de Montalegre, faz um belo e harmonioso contraste de planalto verde, e serra granítica, a poente. Tem um crescente de 300 habitantes. Aldeia medieval, gregária, comunitária, nascida e povoada de casas alinhadas na rua central, mexe-se em azáfama para todos, pela manhã com a saída para o monte de manadas de vacas, vezeiras de cabras. Espere e veja o por do sol, no regresso de todos a casa, da vezeira das cabras e das vacas. De dia como em qualquer aldeia quase não se vê ninguém na rua nem em casa, velhos e novos andam todos na mesma labuta, como abelhas à procura do mel montanhês Olhe as casa de granito escuro, cobertas de colmo. Observe pela encosta verde as levadas de água, o rego da rega do povo, as gentes que regressam carregadas de alimentos para a família e para o gadinho.

«-voltar