Barroso Notícias  ver
 

 32º Natal de Cantadores de Desafio e Concertinas -  6/1/2019

 XXXII CONGRESSO MEDICINA POPULAR - VILAR DE PERDIZES -  19/8/2018

 Hábitos que o Padre Fontes não dispensa - YouTube -  15/2/2016

 Descobertos frescos na igreja de Soutelinho da raia -  10/4/2014

 32º natal de cantadores e concertinas -  11/12/2013

 
Destaques  ver
 

 

 SERÃO EM CHAVES

 A lenda Maria Mantela, foi representada pelo TEF em Chaves, dia 6 de dezembro.

 

 'SEXTA 13' / NOITE DAS BRUXAS

 Em Fevereiro inicia-se a primeira de três 'Sexta 13' agendadas para 2015. O maior espetáculo de rua realizado em Portuga

 

 VILAR DE PEERDIZES COM TURISMO RURAL

 Visite esta aldeia histórica.

 

 FONTES DA MIJARETA TURISMO RURAL ABRIU

 A VILA DE MONTALEGRE,ESTÁ A SER ENRIQUECIDA COM A ABERTURA AO PUBLICO E AO TURISMO COM UM DOS ESPACOS MAIS SEDUTORES QU

 

 ESPAÇO PADRE FONTES

 Inaugurado a 9 de Junho,o Núcleo-sede do Ecomuseu de Barroso "Espaço Padre Fontes" foi uma decisão da Câmara de Montal

 

 COMO CHEGAR AO HOTEL EM MOURILHE

 PROGRAME O GPS - 41º 50' 12.80'' N 7º 50' 37.75'' W PARA CHAVES, VILAR DE PERDIZES, MOURILHE.

 

 XXXII NATAL DE CONCERTINAS E CANTADORES AO DESAFIO

  programa

Destaque

VISITA ÀS TERRAS ALTAS DO BARROSO


Passeio ao Barroso


1º DIA

08h30 Concentração do grupo na Estação de Campanhã na cidade do Porto;

Saída do Porto em direcção a Braga, continuando por Cerdeirinhas, Louredo, Salamonde e Ruivães (ladeando as Albufeiras das Barragens da Caniçada e de Salamonde), até Venda Nova;

Continuação por Ponteira, Paradela e Outeiro (4.13), com pequena paragem para admirar a paisagem sobre a Barragem de Paradela;

Segue-se até Paredes do Rio (4.14). Paragem e pequeno percurso pedonal na aldeia, fazendo a Rota dos Artesãos: a tecedeira, a dobadeira, o cesteiro, o ferreiro, o escultor, o carpinteiro, o soqueiro, o croceiro, o pedreiro, o molhelheiro, o padeiro, o cabrunhador, etc. Todos estas artes serão apresentadas ao vivo, podendo o viajante fazer a sua própria experiência pessoal;

Neste percurso poderão ainda ser visitados moinhos, um magnífico conjunto composto por fontanário, bebedouro e lavadouro, o forno do povo, o pisão do burel, a casa de um cabaneiro, e a linda igreja com uma torre sineira e relógio de sol;

Continuação até Pitões das Júnias (4.4);

13h00 Almoço Regional animado pelos Gaiteiros de Pitões;

Visita a esta aldeia bem tradicional, com uma arquitectura peculiar. Aqui podemos ter contacto a mourela semeada de ovelhas e cabras (vezeira), de vacas, e de onde a onde de mamoas pré-históricas. Outrora o boi do povo impunha-se na cultura destas gentes, e era a grande expressão da vida comunitária no Barroso. Pode-se ainda visitar o forno do povo, também comunitário, um moinho e um Museu Rural;

Citação da “Lenda dos Ursos”, na visita ao Mosteiro de Santa Maria de Júnias;

De seguida visita-se Tourém (4.16). Esta localidade fronteiriça sobre a Barragem do Rio Salas, é conhecida pelo términus do lado português do “Caminho Privilegiado” ou Caminho do Contrabando entre Portugal e Espanha através do Couto Misto;

Regresso, parando em Travassos (4.19), onde se visitará um monumento dedicado ao Boi do Povo.

Segue-se por Frades até Mourilhe (4.20 (ladeando a Albufeira da Barragem do Alto Cávado);

Recepção no Hotel Rural Senhora dos Remédios com a máscara do Pe Fontes, molhada com Porto;

Visita à capela do solar e à exposição: “Temas Transmontanos”.

19h45 Saída para jantar.

Ceia barrosã;

Regresso ao hotel;

Queimada das Bruxas e Feitiços vários.

22h00 Conversas à Lareira

Alojamento.

2º DIA

9h00 Partida em direcção a Montalegre (4.3) – visita ao Centro Histórico;

Segue-se para Meixedo, visitando a Casa do Boi do Povo e uma lindíssima fonte de mergulho;

Continuação pela Albufeira da Barragem do Alto Rabagão (4.8) – Pisões - com passagem por Morgade e Negrões (4.30) – paragem e visita à aldeia;

Segue-se por Alturas do Barroso (4.27) e Vilarinho Seco até Carreira da Lebre parando e visitando a Ponte da Pedrinha (4.28).

12h30 Almoço Regional - evocação ao “Vinho dos Mortos”;

Saída por Boticas (4.7) fazendo-se pequeno passeio pela zona histórica, com interpretação do Guerreiro Galaico;

Segue-se para o Miradouro de Seirrões (4.41) – sobre Boticas – partindo-se em direcção a Santo Aleixo, visitando a Ponte Pênsil (4.6) – Ponte de Arame;

Regresso por Ribeira de Pena, Braga, até ao Porto – Estação de Campanha*.

* Hora de chegada ao Porto prevista – 19h30

 

«-voltar